sábado, 7 de maio de 2016

A iconoclastia de Helmut Herzfeld (1891-1968)


Helmut Herzfeld
Helmut Herzfeld estudou na Escola de Artes e Ofícios de Munique e é considerado, juntamente com George Grosz, um dos pioneiros da fotomontagem.
Entre 1917 e 1918 tomou várias decisões que marcariam decisivamente o curso da sua vida. Face à crescente anglofobia, que parecia estender-se por toda a Alemanha, decidiu adoptar um pseudónimo "britanizado", John Heartfield; filiou-se no Partido Comunista; tornou-se membro activo do dadaísmo.
Com a subida dos nazis ao poder, tornou-se num alvo a abater. Em Abril de 1933, fugiu pela janela quando os membros das SS lhe assaltaram a casa. Atravessando a pé os Sudetas, instalou-se na Checoslóváquia, mas perante a iminência da ocupação nazi, voltou a fugir, cinco anos passados, para Inglaterra.
Eis algumas das suas obras:
Sangue e ferro

E, no entanto, o mundo move-se
Hitler, o Super-homem, come ouro e cospe lixo
O rosto do Fascismo (Mussolini)
O Verdugo e a Justiça

Nunca mais!

Sem comentários:

Publicar um comentário